Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Choné do Banco.

por John Wolf, em 10.11.12

 

 

 

Escutado no eléctrico:

 

"Mas esse choné não era do banco privado?"

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:27

Nacionalismos e Saudosismos Parcos Dixit

por Faust Von Goethe, em 10.11.12

 

Na Imagem: Cúpula do Sony Center, Potsdamer Platz, Berlim, tirada por mim durante a minha [primeira] estadia na cidade (Março 2006).

 

A propósito da realização sobre um eventual vídeo do género “O que a Alemanha deve saber sobre Portugal”, já se tinha escrito por estes lados o seguinte:

 

Há ideias que só resultam uma vez. A do vídeo "O que a Finlândia deve saber sobre Portugal" realizado pela Câmara Municipal de Cascais, e posteriormente apresentado nas conferências do Estoril em 2011, é uma delas. Teve a sua originalidade, mas não se livrou de receber uma resposta categórica por parte dos nórdicos.

(…)

Não sei se Marcelo e o próprio Carreiras conhecem bem a mentalidade alemã, de longe muito mais rígida que a mentalidade finlandesa. Por experiência própria, que trabalhei [e ainda trabalho] com alemães, posso assegurar a estes dois senhores da plebe política que Merkel não vem cá em jeito descontraído, como se de férias se tratasse, e muito menos para ir passear com "o bom aluno da troika" para a marina de Cascais.

(…)

Os alemães já costumam ir fins-de-semana e temporadas para Palma de Maiorca, pois têm vôos directos fretados pela Air Berlin, com a vantagem adicional de que estão mais próximos da realeza, evitando assim qualquer contacto directo com tias, tios, assim como ter de frequentar festas "giras" onde só servem rissóis e canapés. Mas pensando melhor, se em vez de rissóis, canapés ou até mesmo um passeio pela marina de Cascais, "oferecermos" a TAP à Lufthansa-em vez da Avianca, claro-talvez ela [e muitos alemães] fiquem a gostar um pouco mais dos Portugueses.

 

Há dias o Jornal de Negócios noticiava ”Fraport voa com Merkel de olhos postos na ANA”;

Hoje o jornal Expresso noticia  “Vídeo de Marcelo recusado pela Alemanha” .

 

Moral da História: Se Marcelo Rebelo de Sousa, o blogger Rodrigo Moita de Deus ou até o pessoal do 31 da Armada tivesse lido o Caleidoscópio, era bem provável que esta “pequena vergonha” pudesse ter sido evitada.

 

Adenda: Se ao invés de Berlim, se tivesse tentado passar o vídeo em Munique (Baviera Alemã), certamente que este seria [muito] bem aceite. E seria por duas razões: 
#1: Ao contrário dos [típicos] Berlinenses, os habitantes de Munique são maioritariamente católicos, tal como os Portugueses.

#2: Enquanto que os habitantes da Baviera Alemã são afáveis, os típicos Berlinenses (i.e. naturais de Berlim) são snobs.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:52

Suposições ou

por Antero Neves, em 10.11.12

O que eu penso que sei, o que tu pensas que sabes, o que eles pensam que sabem.

 

As pessoas não podem ser julgadas tendo por base uma onda de opinião nas redes sociais. Isto é o que eu penso que sei.

É claro que haverá gente a discordar de mim, mas isso é problema de quem pensa que sabe que não é assim e não meu.

O que tenho assistido nos últimos dias - acerca de Isabel Jonet - parece uma adaptação do conto Frei Genebro de Eça de Queiroz e o sentimento que me assola é exactamente o mesmo: injustiça.

 

A justiça divina do conto toma neste caso a forma de justiça facebookiana e trata com desprezo qualquer acto anterior ou qualquer intenção diferente daquela que os carrascos amigos de facebook supõem. Assim, nos últimos tempos, inundam o terceiro maior "país" do planeta com pedidos de explicações e exigências de desculpas mostrando a falta de compreensão e até uma presunção de superioridade relativamente a quem durante 20 anos teve um papel agradável mas que, por todos quererem ser mais santos que os demais, suponho que suscitava invejas ou pelo menos vontade de criticar.

 

Agora chegou a desculpa que esses procuravam.

Aquilo que eu depreendi das palavras de Isabel Jonet foi um aviso de alguém que já viu e viveu mais do que eu, nada mais, nada menos, e por isso lembrei-me do ditado anglo-saxónico: no good deed goes unpunished.

Isto é o que eu penso que sei, provavelmente estarei errado, mas tu que lês este texto e tens uma opinião diferente - contrária ou não - provavelmente também estás errado, e eles, os que estão à nossa volta, também, porque todos nós pensamos que sabemos quando na realidade não fazemos ideia.

 

Pena que nestas coisas da justiça e da consciência não podemos usar a Matemática para calcular a média (ou mediana) de todas as nossas suposições e encontrar, se tivermos em conta a sabedoria das multidões, a mais certeira.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:47

Ficamos a aguardar...

por Faust Von Goethe, em 10.11.12

... pelo regresso [em grande] de Francisco José Viegas à blogosfera [portuguesa].

Imagem: delitada daqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:45




Pesquisa

Pesquisar no Blog  

calendário

Novembro 2012

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930






Contador