Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Equidade Fiscal, segundo Jutta Urpilainen.

por Faust Von Goethe, em 03.01.13



Em tempos econômicos difíceis é importante garantir que a equidade fiscal deve efectuar-se pelo melhor. Há também a necessidade de moderação, seguindo o exemplo dos líderes. Por esta razão, os ministros cortar os salários dos seus próprios há um ano, a 5%. É bom que o Presidente da República, pelo exemplo de gestão associados a mesma cadeia de Niinisto, retornando o antecessor do seu Presidente Halonen, o nível do prémio. Espero que os líderes de negócios, seguindo o exemplo e reduzir seus salários. Creio, também, os membros dispostos a participar no trabalho. Em vez de gordura, não concordo com a geral. Finlândia não pode ter recursos para baixo- e rendimento médios salários.

Jutta Urpilainen, ministra das finanças Finlandesa (traduzido pelo Bing).


Para que conste para o debate político actual, que tanto cá como lá, o Orçamento de Estado para 2013 não é consensual. No entanto não deixa de ser curioso, ao contrário de cá, de ser o responsável da pasta das finanças a vir levantar a questão da equidade fiscal [nas redes sociais].

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:46


3 comentários

De Daniel Teixeira a 03.01.2013 às 22:06

Boas noites,
Eu venho em nome do "Crónicas em Branco" desejar a melhor sorte para a votação do Aventar na categoria "Generalista".
Acreditamos num ambiente positivo mesmo que seja competitivo e que no fundo tem como objectivo promover os nossos espaços.

Cumprimentos,
Daniel A. Teixeira (http://cronicas-em-branco.blogspot.com/)

De Faust Von Goethe a 03.01.2013 às 22:42

Muito obrigado Daniela A. Teixeira pelo espírito de fair-play. Vou adicionar o seu espaço aos links do Caleidoscópio.

Um abraço amigo,
Nelson Faustino a.k.a Faust Von Goethe :)

De Faust Von Goethe a 03.01.2013 às 22:43

Daniel e não Daniela, perdão.

Comentar post





Pesquisa

Pesquisar no Blog  






Contador