Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


A privatização da água. Alguns modelos europeus

por Faust Von Goethe, em 27.02.13

Por Eduardo Dantas no seu blog pessoal:

(...)
Em relação à privatização da água, o problema coloca-se mais no envolvimento do sector privado na gestão dos serviços de abastecimento de água, do que na propriedade, por parte do sector privado, de títulos de utilização dos recursos hídricos – que permitem a sua venda – ou envolvimento deste no financiamento de infra-estruturas e serviços. Tem sido a privatização dos serviços de abastecimento de água – com um rol de casos, espalhados pelo mundo, que poucos benefícios trazem para o consumidor final – que mais controvérsia tem gerado. Até 1980 - com excepção da França e de alguns fornecedores privados em Espanha e Grã-Bretanha - o sector da água era detido e gerido por entidades públicas. Aliás, ainda hoje, cerca de 70% do europeus bebem água distribuída por operadores públicos ou, maioritariamente, públicos. Ora, com um mercado potencial tão vasto, é compreensível o apetite dos privados. 

(...)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:32

Expresso da Lusitânia-Digest (*)

por Faust Von Goethe, em 12.02.13
Palavras do Papa no Consistório em que anunciou a resignação
        

Queridíssimos irmãos,

Convoquei-vos para este Consistório, não apenas por causa das três
canonizações, mas também para vos comunicar uma decisão de grande
importância para a vida da Igreja.

Depois de examinar reiteradamente a minha consciência perante Deus, cheguei
à certeza de que, pela idade avançada, já não tenho forças para exercer
adequadamente o ministério de Pedro (petrino).

Ler mais em:

http://maislusitania.blogspot.pt/2013/02/palavras-do-papa-no-consistorio-em-que.html

 

Para acabar de vez com o equívoco (ou não)
da social-democracia e outros mitos   
 
Historicamente, a expressão social-democracia tem origem em França, em
Fevereiro de 1849. Depois de derrotados na Revolução de 1848, os grupos
revolucionários agrupam-se no Partido Democrata-Socialista ou
Social-Democrata, sendo esta forma abreviada (social=socialista) a mais
comum.

Ler mais em:

http://www.maislusitania.blogspot.pt/2012/11/para-acabar-de-vez-com-o-equivoco-ou.html



Salazar e os actuais políticos pedintes
Memórias de um outro Portugal
 
Corria o ano da graça de 1962 (já lá vai meio século). A Embaixada de
Portugal em Washington recebe pela mala diplomática um cheque de 3 milhões
de dólares (em termos actuais algo parecido com 50 milhões €) com
instruções para o encaminhar ao State Department para pagamento da primeira
tranche do empréstimo feito pelos EUA a Portugal, ao abrigo do Plano
Marshall.

Ler mais em:

http://www.maislusitania.blogspot.pt/2013/01/salazar-e-os-actuais-politicos-pedintes.html

  

O medo de Salazar… 
 
O Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI), dependente do
Ministério da Justiça, decidiu não autorizar o rótulo «Memórias de Salazar»
com que o Município de Santa Comba Dão pretendia comercializar algum vinho
da região.

Ler mais em:

http://www.maislusitania.blogspot.pt/2012/12/o-medo-de-salazar.html

 

Universidade católica ou caótica?  
 
Quem seguir relativamente de perto o que se passa na Universidade Católica
Portuguesa não pode deixar de se interrogar sobre a sua natureza real no
que toca ao cristianismo é à sua missão.

Ler mais em:

http://www.maislusitania.blogspot.pt/2013/01/universidade-catolica-ou-caotica.html

 


 

O abortista e pro-invertidos Obama é o maior
para a senhora professora da «católica»
 
A senhora professora liberalóide da universidade caótica (dita Universidade
Católica Portuguesa) Lívia Franco participou mais uma vez no programa da
Sic Notícias Opinião Pública (22.1-2013). Com tanto tempo de antena, o
Balsemão e seus assalariados lá sabem porquê.

Ler mais em:

http://www.maislusitania.blogspot.pt/2013/01/o-abortista-e-pro-invertidos-obama-e-o.html

 

A lei de «identidade de género» e os limites
da omnipotência do legislador (1)
 
No momento em que escrevo [2010], está em discussão numa comissão da
Assembleia da República o Projecto de Lei nº 319/XI, do Bloco de Esquerda,
que «altera o Código de Registo Civil, permitindo a pessoas transexuais a
mudança de registo do sexo no assento de nascimento»[1].

Ler mais em:

http://www.maislusitania.blogspot.pt/2012/12/a-lei-de-identidade-de-genero-e-os.html

 


As finanças do PCP e a sua morte anunciada
 
A implosão da União Soviética veio criar aos partidos comunistas alinhados
com Moscovo vários problemas. O mais óbvio problema foi o do desprestígio
político adicional a que ficaram sujeitos com a desagregação do «paraíso»
terreno que apregoavam. Mas a este juntou-se outro que foi corroendo os
partidos moscovitas: o fim do financiamento das suas máquinas de
organização e propaganda.

Ler mais em:
http://www.maislusitania.blogspot.pt/2013/01/as-financas-do-pcp-e-sua-morte-anunciada.html

 

 
Os nossos historietadores e o chamado
«homem novo» do Estado Novo 
 
No documentário gauchô da RTP2 sobre António Ferro (lá voltaremos no devido
momento), os historietadores do regime da III República Irene Pimentel e
Fernando Rosas, ambos da escola da historiografia marxista, criticam o
Estado Novo e Ferro por este pretender fabricar um homem novo.

Ler mais em:

http://www.maislusitania.blogspot.pt/2012/12/os-nossos-historietadores-e-o-chamado.html

 

A ditadura nazi dos invertidos

                
Cristão poderá pagar multa de 50 mil dólares por não fazer bolo de
«matrimónio» invertido

Um pasteleiro cristão de Gresham, estado de Oregon (Estados Unidos), poderá
pagar uma multa de 50 mil dólares por ter-se negado a preparar um bolo de
casamento para um casal de lésbicas.

Ler mais em:

http://maislusitania.blogspot.pt/2013/02/a-ditadura-nazi-dos-invertidos.html




Portugal - Tempo de Todos os Perigos
 
Ler mais em:

http://www.maislusitania.blogspot.pt/2012/11/portugal-tempo-de-todos-os-perigos.html

 
A RTP, antro de corrupção da juventude e infância
 
A PSP teve acesso a vídeos da RTP… A administração não deu autorização… Os
desordeiros foram indevidamente identificados pela polícia… Que atentado à
liberdade! Que chatice0! Isto já parece o fascismo, pá!
Serão estes para os Portugueses os verdadeiros problemas da RTP nesta
sociedade democratista?

Ler mais em:

http://www.maislusitania.blogspot.pt/2012/12/relatorio-direccao-da-confederacao_9.html

 

Eslováquia resiste e não retira auréolas
dos santos Cirilo e Metódio impressas nas moedas
                 

Resistindo à pressão da Comissão Europeia, o Banco Nacional da Eslováquia e
a maioria da oposição, a Eslováquia votou para que se mantenha o desenho
original da moeda comemorativa da evangelização da Grande Morávia pelos
dois irmãos e santos Cirilo e Metódio, grandes evangelizadores e
construtores da cultura dos países eslavos.

Ler mais em:

http://www.maislusitania.blogspot.pt/2012/12/eslovaquia-resiste-e-nao-retira.html

(*) Recebido por e-mail.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:34

Recapitalização do Banif é um mero jogo de Poker.

por Faust Von Goethe, em 07.01.13

O dinheiro entra por um lado, sai por outro, volta à casa e o Banif é salvo

 

Acrescento algumas observações à explicação lógica e sucinta de Maria Teixeira Alves em Corta-Fitas:

  • o processo de recapitalização do Banif não passa de um mero jogo de Poker por parte do estado que, ao entrar no capital do Banif "compra a sua própria dívida".
  • Não obstante de não haver qualquer prejuízo para o Banif,  clientes e estado, o acesso ao crédito será porventura escasso pois ao comprar dívida pública para garantir os colaterais junto do BCE, tornar-se-à mais dificilmente conseguirá refinanciar-se através de empréstimos interbancários nos mercados. Ou seja, há probabilidades de o estado ter de voltar a "amolfadar" o Banif, caso seja necessário. 

Em suma, é bom que o Banif "ajude" Portugal a regressar mercados já este ano. Aí sim, poderemos dizer que foi um bom negócio para o estado, que pode continuar a lucrar com as desgraças do Banif-até 2017 (?!)-, à medida que vai baixando a sua dívida pública.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:12

Respondendo à pergunta do Zé Pedro, autor do Imprensa Falsa.

por Faust Von Goethe, em 31.12.12
Zé, o blogue que sugeriste que fosse criado em 2013 sobre matemática já foi criado em 2012. Chama-se Caleidoscópio (o Gaspar soletraria Ca-lei-dós-có-pi-u, sem se enganar e ludribiar) e é provavelmente um dos blogues com menos audiências da blogosfera Portuguesa.
Quando queremos que nos leiam, partilhamos vezes sem conta o que escrevemos o link do post nas redes sociais à espera de um "gosto" ou de um comentário bajulador para confortar o nosso ego; quando queremos não ser lidos postamos e/ou usamos com tag a palavra "matemática", na ânsia que o blogs Sapo mesmo assim nos inclua na secção dos recortes.
É assim a vida de um blogger geek que gosta de escrever [fugazmente] sobre matemática, que finge perceber de matemática quando escreve sobre "matemática" mas que provavelmente não percebe mesmo nada do assunto.
Mas pensando  melhor, o que eu quero é que os meus posts e os dos meus colegas, que se entitulam sabedores de matemática, sejam mais lidos em 2013 que em 2012. Talvez não seja má ideia seguir o exemplo de Artur Baptista da Silva e arranjar um canudo qualquer que diga "Doutoramento em Matemática". Como o SAPO foi dado à luz na Universidade de Aveiro, estou mesmo tentado em arranjar um diploma dessa mesma universidade. Parece-me bem :).

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:51

Uma visão do Fim do Mundo.

por Faust Von Goethe, em 22.12.12

 

Passadas as 3 primeiras horas do dia 22 Dezembro 2012, registe-se que Gangnam Style já atingiu 1 bilião de visualizações no Youtube-tal qual anunciado na profecia de Nostradamus e confirmado pela primeira-ministra Australiana-e a terra continua intacta. A última foto abaixo, cortesia do satélite NOAA GOES 15 da NASA, mostra-nos uma vista panorâmica da Terra a partir do Oceano Pacífico.

Tirando a parte que entrámos no solstício de Inverno, acrescido de um alinhamento da terra (i.e. o alinhamento do centro do cosmos Aeon, que se dá a cada 26000 anos), o "mundo" visto lá de cima continua na mesma. Pelo menos é o que parece!


{#emotions_dlg.gift} Aeon Magazine.


 

Imagem retirada do blog oficial do youtube.

 

 



Imagem retirada do site da Revista Forbes.



Imagem retirada da conta twitter da Nasa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:16

Leituras pelo Caleidoscópio #6

por Faust Von Goethe, em 21.12.12

Tendo como mote o simbolismo da data de hoje-o fim do mundo segundo o Calendário Maia-recomendo:

 

  • Apocalipse 2012 pel'O António Maria- António Cerveira Pinto a.k.a O António Maria escreve sobre o fim do petróleo barato, sobre alterações climáticas brutais, sobre o nosso mundo-contemporâneo, industrial, urbano e cosmopolita- antevendo o pior que ainda está para vir. De leitura obrigatória!
  • Palestra de Charles A. S. Hall, o autor da expressão EROI (Energy Return On Investment)-disponibilizado pel'O António Maria na sua página de Facebook a propósito desta temática:
Bom fim-de-semana! E boas férias, se for o caso.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:28

A força dos Blogs e das Redes Sociais "all together now!"-um exemplo.

por Faust Von Goethe, em 17.12.12


Vamos por partes: Primeiro a edição online do Jornal Le Figaro noticia Une formule mathématique pour décorer votre sapin. Horas depois de ver esta notícia partilhada no mural de um amigo meu, franco-alemão (vejam a ironia?!), decidi escrever um pequeno post-Como encontrar a decoração "perfeita" para o seu Pinheiro de Natal?.

Um dia depois, este post passou a destaque no Blogs Sapo-procurar destaque em Recorte Sapos (recortado em 13/12/12, às 10:06)-destaque esse que nos permitiu ter audiências muito próximas das do dia em lançámos [oficialmente] este Blog-5 de Outubro de 2012.
Hoje congratulo-me de ver o suplemento P3 do jornal Público a noticiar o que o jornal Le Figaro noticiou na semana passada- leia-se Dificuldades em decorar a árvore de Natal? A matemática ajuda.

Dada a quantidade de informação que circula tanto em blogs como em redes sociais, é-me impossível afirmar que o meu post foi a motivação que levou os editores do suplemento P3 a escrever esta notícia interessante e aparentemente bizarra sobre decorações de árvores [ou pinheiros] de natal.
No entanto, não são os números de sitemeter que me motivam a blogar. São exemplos como este assim como este que referi à tempos atrás.

São exemplos como este que fazem deste espaço um local singular para todos aqueles que procuram ler de tudo um pouco, sem se maçar. Será que rimou? Não importa...

Parabéns a nós! E um muito obrigado a vós!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:18

Memórias Esquizofrénicas-Mendigar para se Endividar [ainda mais].

por Faust Von Goethe, em 10.12.12

Há 142 anos atrás no jornal A Lanterna, Maria Luísa Guerra assinava o seguinte artigo de opinião:

 

 

Qualquer semelhança com a realidade actual é mera coincidência.

 

Leitura complementar: Como a Monarquia Portuguesa lidou com as crises financeiras por Ricardo Silva em O Manto do Rei.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:18

Regresso na máxima força

por Faust Von Goethe, em 01.12.12

Já aqui tínhamos anunciado que Francisco José Viegas tinha regressado à blogosfera [nacional]. Na última semana regressou ao post it.

A título pessoal, espero que continue na máxima força.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:09

Leituras pelo Caleidoscópio #2

por Faust Von Goethe, em 14.11.12

 Imagem: delitada do blog Página Global.

 

Boas leituras!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:46

Nacionalismos e Saudosismos Parcos Dixit

por Faust Von Goethe, em 10.11.12

 

Na Imagem: Cúpula do Sony Center, Potsdamer Platz, Berlim, tirada por mim durante a minha [primeira] estadia na cidade (Março 2006).

 

A propósito da realização sobre um eventual vídeo do género “O que a Alemanha deve saber sobre Portugal”, já se tinha escrito por estes lados o seguinte:

 

Há ideias que só resultam uma vez. A do vídeo "O que a Finlândia deve saber sobre Portugal" realizado pela Câmara Municipal de Cascais, e posteriormente apresentado nas conferências do Estoril em 2011, é uma delas. Teve a sua originalidade, mas não se livrou de receber uma resposta categórica por parte dos nórdicos.

(…)

Não sei se Marcelo e o próprio Carreiras conhecem bem a mentalidade alemã, de longe muito mais rígida que a mentalidade finlandesa. Por experiência própria, que trabalhei [e ainda trabalho] com alemães, posso assegurar a estes dois senhores da plebe política que Merkel não vem cá em jeito descontraído, como se de férias se tratasse, e muito menos para ir passear com "o bom aluno da troika" para a marina de Cascais.

(…)

Os alemães já costumam ir fins-de-semana e temporadas para Palma de Maiorca, pois têm vôos directos fretados pela Air Berlin, com a vantagem adicional de que estão mais próximos da realeza, evitando assim qualquer contacto directo com tias, tios, assim como ter de frequentar festas "giras" onde só servem rissóis e canapés. Mas pensando melhor, se em vez de rissóis, canapés ou até mesmo um passeio pela marina de Cascais, "oferecermos" a TAP à Lufthansa-em vez da Avianca, claro-talvez ela [e muitos alemães] fiquem a gostar um pouco mais dos Portugueses.

 

Há dias o Jornal de Negócios noticiava ”Fraport voa com Merkel de olhos postos na ANA”;

Hoje o jornal Expresso noticia  “Vídeo de Marcelo recusado pela Alemanha” .

 

Moral da História: Se Marcelo Rebelo de Sousa, o blogger Rodrigo Moita de Deus ou até o pessoal do 31 da Armada tivesse lido o Caleidoscópio, era bem provável que esta “pequena vergonha” pudesse ter sido evitada.

 

Adenda: Se ao invés de Berlim, se tivesse tentado passar o vídeo em Munique (Baviera Alemã), certamente que este seria [muito] bem aceite. E seria por duas razões: 
#1: Ao contrário dos [típicos] Berlinenses, os habitantes de Munique são maioritariamente católicos, tal como os Portugueses.

#2: Enquanto que os habitantes da Baviera Alemã são afáveis, os típicos Berlinenses (i.e. naturais de Berlim) são snobs.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:52

Ficamos a aguardar...

por Faust Von Goethe, em 10.11.12

... pelo regresso [em grande] de Francisco José Viegas à blogosfera [portuguesa].

Imagem: delitada daqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:45

A parca discussão sobre a TSU

por Faust Von Goethe, em 08.11.12



Imagem delitada do blogue Vive as tuas escolhas!


França sobe IVA para descer TSU às empresas

Curioso que a França, uma potência tecnológica, pretende descer os custos salariais. Pretenderão competir na base dos baixos salários? Estarão a ser assessorados por António Borges?

Convenhamos que Passos Coelho foi (seria) bem mais liberal: restringia o financiamento dos “capitalistas” apenas aos respectivos trabalhadores, deixando abertura para negociações ao nível de cada empresa que, no limite, poderiam deixar tudo na mesma. Hollande vai pôr todos os consumidores, trabalhem ou não, a financiarem compulsivamente o “grande capital”.

“Não à TSU, queremos o nosso IVA!” – lema que sugiro desde já para as grandiosas manifestações que certamente se irão realizar por toda a França.

 
LR em Blasfémias.

Este é o típico argumento parco daqueles que defendem as medidas deste governo, ou melhor, de quem faz spinning blogosférico, usando apenas argumentos do tipo "ah, o Hollande [tal como Seguro] é socialista e vai descer o TSU às empresas... " 

Para contrapor com estas afirmações, voltemos a recordar o argumento que se escrevi à semanas neste estabelecimento, quando critiquei um artigo de opinião de Vítor Bento no Diário Económico:

Quem se andou a divertir a estudar a hipótese de uma eventual desvalorização fiscal-como foi o meu caso-sabe que a única hipótese para compensar a subida da TSU aos trabalhadores, passaria por um aumento gradual do IVA. Esta hipótese é de descartar, pois ao contrário do OE 2012, o OE 2013 não prevê um agravamento do IVA do lado da receita.

Resumindo: Enquanto o governo Português esperava compensar a descida da TSU às empresas com o aumento da TSU aos trabalhadores, o governo Francês vai compensar a descida da TSU via subida [gradual] do IVA-usando o argumento defendido por  e  há meses em Project Syndicate.

Acresce que para o caso em que o agravamento do IVA é usado, do lado da receita, para compensar a descida da TSU nas empresas, existe um estudo feito por economistas do FMI-Fiscal devaluation as a cure for Eurozone ills – Could it work?.
Da proposta do governo, apenas se sabe que o governo baseou a sua proposta em modelos empíricos da CE, BCE e FMI assim como as simulações obtidas nunca foram disponibilizadas no site do ministério das finanças para que académicos-como é o meu caso- pudessem avaliar.

Em suma, no caso do governo francês espera-se compensar a descida da TSU [para empresas] via um imposto sobre o consumo (o IVA). No caso do governo português, pretendia-se compensar a descida da TSU [para empresas] via impostos sobre os rendimentos de famílias. 

 

Leitura Complementar: A perigosa ideia de roubar o vizinho por Helena Garrido. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:41

Leituras pelo Caleidoscópio #1

por Faust Von Goethe, em 06.11.12
A propósito do tema da "refundação" [do estado social], sugiro como leituras:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:56

Muito Obrigado...

por Faust Von Goethe, em 04.11.12

 

... a Pedro Correia por nos dar destaque em Delito de Opinião

Confesso que sou seguidor atento tanto do Delito de Opinião como do És a nossa Fé!-um outro blogue onde o Pedro escreve-por razões clubísticas.

Um dos posts do Pedro- Dickens, o homem que travou Marx - serviu-me de inspiração para o post Leituras em tempos de Crise, escrito há cerca de 1 mês e meio atrás n'O Ouriço-um outro blog onde sou co-autor (tal como John e Rui).

 

Adenda: A escolha da imagem foi intencional. É um presente para o Pedro, que tal como eu, é fã de Charles Dickens. Só não pus a imagem de um Leão, porque acabámos de perder com o Vitória de Setúbal.  

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:48

Haverá algum túnel em S.Bento?

por Faust Von Goethe, em 31.10.12


Pelo que parece, os gregos estão a limpar um túnel antigo que liga o parlamento helénico com o porto de Piraeus para que os parlamentares possam escapar da fúria popular caso se dê uma eventual invasão do parlamento esta quarta-feira, o dia em que o novo pacote de austeridade será discutido pela assembleia grega. Enfim... ao que chegámos...

 

Álvaro Santos Pereira em Desmitos (dias antes de tomar posse como ministro).

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:44

Mais um blogue colectivo-365 forte.

por Faust Von Goethe, em 27.10.12

Hoje, ao par do Caleidoscópio-blog colectivo criado há cerca de um mês-consta também nos destaques do Blogs Sapo um novo blogue colectivo-365 forte, que irá constar [a partir de hoje] na lista de links deste estabelecimento.

Os maiores sucessos para todos os autores deste blog. Pelo título e pelos conteúdos que já tive oportunidade de ler, este promete ser agridoce q.b.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:11

"Trabalho sexual é trabalho"

por Faust Von Goethe, em 09.10.12

Ainda há dias escrevi num outro blog-O Ouriço-que uma boa ideia para amealhar mais contribuições para a segurança social passava por legalizar e taxar a prostituição a.k.a. trabalho sexual, baseado no seguinte argumento:

Haveria assim uma acentuada melhoria na saúde das profissionais, que eram obrigadas a fazer check ups regulares. A saúde dos clientes e respectivos cônjuges seria portanto salvaguarda, contribuindo assim para a prevenção do HIV.

Hoje o suplemento económico dos jornais diários DN/JN- Dinheiro Vivo-noticia "uma campanha promovida pela Rede Sobre Trabalho Sexual em parceria com o GAT (Grupo Português de Activistas sobre Tratamentos VIH/SIDA), a campanha quer ainda melhores condições laborais e de segurança, bem como reduzir os riscos para a saúde de várias atividades relacionadas com o sexo."

O conteúdo da notícia pode ser lido a partir daqui. O vídeo promocional da campanha segue abaixo.

 

 

O debate está (re)lançado!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:34




Pesquisa

Pesquisar no Blog  






Contador